Cícero Lucena reafirma compromisso de seguir avançando na qualidade do ensino durante abertura de Festival de Arte

Durante abertura do III Festival de Arte da Primeira Infância, na tarde desta terça-feira (22), o prefeito Cícero Lucena reafirmou o compromisso da gestão municipal de seguir requalificando as escolas e os processos pedagógicos para que João Pessoa continue avançando na qualidade do ensino. O evento foi realizado pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) no Teatro Paulo Pontes, que funciona no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, para estimular a produção, o acesso e a difusão da arte e cultura na primeira infância.

“Eu sou fruto da escola pública e sempre sonhei em fazer com que a nossa escola fosse tão boa ou até melhor do que escolas da rede privada. E estamos conseguindo avançar a passos largos para concretizar isso cada vez mais, reformando todas as nossas unidades, equipando-as de tecnologia e ainda promovendo eventos como esse, que valorizam os nossos professores, preparando eles para oferecer o melhor para os nossos alunos”, afirmou o prefeito.

Em sua terceira edição, o Festival propõe vivências no campo das culturas populares através de processos lúdicos-artísticos. O objetivo é ampliar o repertório cultural do imaginário infantil em suas diversas linguagens: corporais, verbais, visuais e musicais. A programação vai se estender durante todo o mês de setembro, com atividades voltadas professores e alunos da Rede Municipal de Ensino.

“Na nossa chegada a Sedec, a Educação Infantil estava no organograma da secretaria com atividades especiais. Nós, com a autorização e o olhar diferenciado do prefeito Cícero Lucena, fortalecemos, colocando-a como departamento. Assim, foi possível realizar eventos dessa natureza, envolvendo todos para melhorar o nosso ensino”, explicou a secretária de Educação e Cultura do Município, América Castro.

O III Festival de Arte da Primeira Infância está dividido em quatro etapas: iniciando a conversa; conhecendo territórios; itinerários pedagógicos e inspiração pedagógica. “Esse primeiro momento foi pensado para os professores, numa imersão na nossa cultura. Depois teremos uma exposição de arte na Estação Cabo Branco, com mapeamento do território cultural. Por fim, o desenvolvimento de um festival de artes dentro das unidades de educação infantil”, explicou Sonaly Lima, chefe do Departamento de Educação Infantil.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais