Cicero Lucena apresenta o programa João Pessoa Parcerias, que prevê a modernização dos serviços públicos

O prefeito Cícero Lucena apresentou, nesta terça-feira (29), o programa João Pessoa Parcerias, que conta com seis projetos em forma de parceria público-privada, pensados para solucionar problemas nas áreas da Saúde e mobilidade urbana, além de otimizar o funcionamento dos serviços públicos de maneira sustentável. A solenidade aconteceu no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, onde o gestor disse que essa iniciativa representa um compromisso com o futuro da cidade.

“Esse compromisso é para permitir que a cidade tenha um crescimento, mas de maneira sustentável, com qualidade de vida e que seja ágil na solução dos problemas. E nada melhor do que verificar experiências exitosas de cidades compatíveis com João Pessoa e adaptá-las à nossa realidade, principalmente com a participação da população, que vai poder fazer sugestões e propor o aprimoramento do projeto”, afirmou o prefeito.

De acordo com o secretário da Administração, Valdo Alves, o programa é o maior em termos de parceria público-privada da Paraíba e é fruto de um ano inteiro de trabalho, com a participação da Secretaria de Planejamento e Administração, tendo o apoio de várias secretarias da gestão municipal, incluindo a Controladoria e Procuradoria. Os projetos foram gerados por comitês técnicos e serão submetidos a consulta pública, no site da Prefeitura de João Pessoa, para que a população possa participar com as questões que envolvem a oferta de serviços, melhoramento e criação de novos equipamentos públicos.

“Depois dos trinta dias da consulta pública, nós vamos compilar aquilo que foi sugerido pela população, mais o projeto pré-elaborado pela Prefeitura, e vamos fazer a apresentação final para, em seguida, ser licitado. Esse programa é importante para que a população tenha serviços com mais qualidade, como acessar vagas de estacionamento por toda cidade, ter equipamentos de qualidade e a gestão fazer a prestação dos serviços de uma maneira muito mais eficiente”, explicou.

Dois projetos já estão disponíveis para consulta pública. O primeiro deles apresenta soluções para questões de mobilidade urbana, com a previsão da abertura de seis mil vagas de estacionamento em várias áreas da Capital, incluindo um edifício-garagem no Mercado Central. O segundo corresponde à gestão e gerenciamento dos cemitérios públicos, com a reforma dos já existentes e a construção de um novo, ambos com investimento da iniciativa.

O Programa João Pessoa Parcerias ainda conta com projetos com soluções para a área da Saúde, com previsão de reestruturação do Hospital Ortotrauma de Mangabeira, além da construção de duas novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). E ainda um projeto para iluminação pública, com cem por cento da geração de energia renovável, além de criação de banheiros públicos nos mercados, praças e na orla da Capital. A estimativa é de que os projetos gerem um investimento da ordem de R$ 500.000.00 (meio bilhão) durante o período de contratação, em trinta anos.

“Tudo que temos aqui são sugestões. Seis projetos na carteira. A nossa missão é selecionar a melhor empresa, o melhor preço do mercado, para que possa levar comodidade e bem-estar para a população. Os seis projetos foram pensados com muito zelo, com um comitê gestor formado por engenheiros, advogados, arquitetos, que foram convidados a pensar o melhor para a população de João Pessoa”, explicou Priscila Maciel, coordenadora de Projetos Especiais da Secretaria de Planejamento.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais