A PF realizou mais uma operação em resposta aos atentados ocorridos no dia 8 de agosto. Essa fase da operação terá como foco a identificação dos indivíduos que participaram das ocorrências.

A 14ª fase da Operação Lesa Pátria foi lançada pela Polícia Federal na quinta-feira (17/8). O objetivo era identificar os indivíduos que participaram dos incidentes violentos ocorridos em 8 de janeiro em Brasília, quando o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e o Palácio do Planalto foram atacados.
A Suprema Corte emitiu mandados de prisão contra vários indivíduos em diferentes estados. Algumas delas incluem as da Paraíba, Goiás e Santa Catarina.
A investigação revelou que vários crimes foram cometidos, como a remoção violenta da Lei do Estado Democrático, a destruição de bens protegidos e a promoção do crime.
Esta fase da operação tem como objetivo identificar indivíduos que teriam participado do violento movimento conhecido como “Festa da Selma”.
O nome do movimento, Festa da Selma, remete à ideia de organizar e transportar as pessoas para as invasões planejadas. Também compartilhou planos detalhados para os ataques a prédios públicos. Ainda defendendo a derrubada do governo e a ocupação do Congresso, o grupo se absteve de levar crianças e idosos com eles.
A operação Lesa Pátria ainda está em andamento. Trata-se de atualizar constantemente sua situação com o número de foragidos, apreendidos e ordens judiciais.

Foto: Joedson Alves/Agencia Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais