Artesãos de João Pessoa se classificam para etapa nacional da Expofavela

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) iniciou a semana em festa. Isso porque as Sereias da Penha e dois dos artesãos que fazem parte da Feira Móvel do Produtor, se classificaram para a etapa nacional da Expofavela. Eles ficaram entre as 10 melhores iniciativas do evento. Agora, irão concorrer às premiações nacionais, na edição que acontecerá em São Paulo, no mês de dezembro. Os projetos da Prefeitura de João Pessoa, recebem o apoio da Sedurb, que tem atuado no fomento aos microempreendedores individuais e também ao artesanato.

As Sereias da Penha, utilizam escamas de peixe como matéria-prima e confeccionam diversos artigos. Na edição deste ano, priorizaram peças para decoração. Este é o segundo ano que as artesãs pessoenses participam do evento. “Podemos conhecer outros projetos, ver como na nossa Paraíba existem negócios dentro de favelas, de comunidades e que precisam ser mostrados para o Brasil e para o mundo. Levamos luminárias, colares de mesa, novas flores, além de peças de fio de cobre com escamas. A nossa expectativa é levar mais uma vez para São Paulo o que uma comunidade de pescadores, por meio das mãos das mulheres, conseguem fazer arte, e que cada vez mais consegue ser reconhecida. Representaremos a Paraíba juntamente com outros nove colegas e, quem sabe, conseguir chegar à final”, destacou Aline Gouveia, uma das Sereias.

Os artesãos que comercializam na Feira Móvel são Rafael Gonçalves e Carlos Fernandes. Eles moram no bairro de Gramame e inovaram na produção de pelúcias artesanais na Paraíba. “Somos a My Moon, a única empresa a produzir pelúcias artesanais hipoalergênicas. Somos artesãos desde o início da pandemia. Fomos a um aniversário de uma amiga e não tínhamos condições de comprar o presente. Carlos é designer de moda, produziu o modelo de um bichinho e nós tiramos do papel juntos. De lá até aqui a gente só tem crescido. Há um ano estamos na Feira Móvel do Produtor e hoje conseguimos estar no Top 10 da Expofavela Paraíba”, ressaltou.

Incentivo da Prefeitura – Por meio da Sedurb, mais de 90 artesãos, produtores rurais e microempreendedores conseguiram ter a vida transformada com a Feira Móvel do Produtor. Atualmente a maioria encontra no projeto sua principal fonte de renda. A Sedurb também apoia as Sereias da Penha e tem fomentado o artesanato por meio de crochê, com o projeto Crochê na Lagoa, que acontece toda sexta-feira no Parque Solon de Lucena.

“Faz parte da nova política pública implantada nessa gestão, para dar oportunidade a esses trabalhadores que, durante muitos anos foram esquecidos pela iniciativa pública. Nosso projeto é expandir cada vez mais essas iniciativas, bem como proporcionar capacitação aos microempreendedores que atuam nos shoppings populares”, destacou Fábio Carneiro, secretário da Sedurb.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais