Centro em Cena encerra nesta quarta-feira com shows de Cabruêra e Electro Bromance

O palco onde acontece o encerramento do festival Centro em Cena, nesta quarta-feira (20), já está sendo montado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), na Casa da Pólvora. O local, que terá área de acessibilidade, vai receber os shows da banda Cabruêra e do duo Electro Bromance, e uma intervenção artística com o grupo Família Los Iranzi. A programação começa às 17h.  

“O Centro em Cena é uma ação forte que se consolida em João Pessoa. Nós, da Funjope e da Prefeitura, conseguimos recuperar essa experiência que foi marcante no passado e continua marcante e viva agora no presente”, observa o diretor-executivo da Funjope, Marcus Alves.  

Ele afirma que, com esse trabalho, a Funjope e a Prefeitura dinamizam a cena cultural do centro da cidade, mostrando que é possível, por meio da arte e da cultura, motivar o pessoense e o turista a frequentar esse território.  

“Acreditamos fielmente que, por meio da arte e do entretenimento, conseguimos dinamizar o centro da cidade de João Pessoa. O prefeito Cícero Lucena tem, inclusive, um projeto grande que envolve a parte de infraestrutura, recuperação das vias, mobilidade urbana e, sobretudo, a questão da habitação no Centro Histórico. A cultura é protagonista neste processo e nós, da Funjope, ficamos muito contentes em poder estar participando desse momento especial”, acrescenta.  

Cabruêra – A banda Cabruêra vai fazer uma mistura de sons e ritmos com um repertório que passeia pelo manguebeat, baião, forró, rock psicodélico, funk, ska e samba. O show comemora os 25 anos de carreira do grupo que é formado por Arthur Pessoa, Pablo Ramires, Leo Marinho e Edy Gonzaga.  

“Será um reencontro com o público paraibano. Estamos tocando em casa”, afirma Arthur. Pessoa.  

O show, que celebra essa trajetória da banda, é o mesmo apresentado em agosto no maior festival de música da Suíça, o Paléo Festival, no Festival de Inverno de Campina Grande e na Mostra Sesc de Artes no Cariri, no Crato, recentemente.  

O repertório passeia pelos seis álbuns da Cabruêra, inclusive do mais novo ‘Sol a Pino’, produzido pelo colombiano Felipe Álvares, de Bogotá. O figurino é assinado pelo estilista mineiro Ronaldo Fraga que fez os da última turnê do cantor Milton Nascimento.  

Electro Bromance –Formada por Wilame AC, no vocal, programações e synths, e Hansen Pessoa, na guitarra, programações, synths e backing vocal, a banda Electro Bromance vai levar a música eletrônica para o palco da Casa da Pólvora.

Wilame AC afirma que participar do Centro em Cena é motivo de comemoração pela visibilidade que dá ao artista. O duo vai apresentar algumas músicas do primeiro CD ‘We are like a time bomb!’, lançado em 2017, e algumas do novo álbum ‘Trans’, que tem lançamento previsto para este ano.  

Arte circense – Outra atração do Centro em Cena é o grupo Família Los Iranzi, fundado em 1997. A família é composta por brasileiros e argentinos, apresentando artes circenses, além de uma mistura de música e teatro. As apresentações acontecem por todo o Brasil e América Latina.  

Exposições – Duas exposições foram abertas no dia 15 de setembro e seguem até 15 de outubro. Na Casa da Pólvora, é a mostra ‘Encontro’, do artista visual Babá Santana, que tem mais de uma dezena de obras feitas de papel. Todos os bonecos são pretos e é algo inédito na carreira do artista.   No Hotel Globo, a exposição Temporis, do artista visual Alberto Lacet, apresenta 40 obras de seu acervo, incluindo miniaturas que serão levadas para Paris no primeiro semestre de 2024.  

Mostra beneficente – A exposição ‘Arte pela Vida’, que está aberta desde o mês de agosto e segue até 22 de setembro, tem o objetivo de arrecadar fundos para o Hospital Napoleão Laureano, referência no tratamento de pacientes com câncer na Paraíba. Ao todo, 60 obras foram expostas e algumas ainda estão à venda.   Os trabalhos são dos artistas Amanda Botura, Clóvis Júnior, Davi Queiroz, Denise Costa, Fred Svendsen, Lívia Martins, Marcos Pinto, Machtoub, Mirabeau Menezes, Rodrigues Lima, Salinê, Wilson Figueiredo, Willian Macêdo, Flávio Tavares e Chico Ferreira.  

Centro em Cena – O Festival, realizado pela Fundação Cultural da Prefeitura de João Pessoa (Funjope), teve início na sexta (15) e segue até esta quarta (20), envolvendo culturas populares, artistas locais, circo, música e dança. A programação completa pode ser conferida no link https://www.joaopessoa.pb.gov.br/destaque/centro-em-cena/.  

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais