Cícero Lucena premia vencedores do 1º Festival Musical Estudantil da Sedec e destaca olhar da Prefeitura para a arte e cultura nas escolas

Muitos talentos na música na rede municipal de ensino de João Pessoa. E os alunos deram, literalmente, um show no 1º Festival Musical Estudantil realizado pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec). O evento reuniu alunos de 101 escolas, com a final disputada na noite desta quinta-feira (31) na Praça da Paz, nos Bancários. O prefeito Cícero Lucena fez a premiação dos vencedores e disse que o evento mostra o olhar da gestão para a arte e a cultura nas unidades de ensino.

“A educação do município de João Pessoa está cumprindo o seu papel, não só na grade curricular, mas, também, trabalhando a arte, a cultura, descobrindo talentos e ajudando esses talentos para que eles possam ser desenvolvidos. Que esse evento sirva de instrumento de contribuição cultural e de melhoria de vida para os alunos”, afirmou o prefeito.

Nas fases classificatórias, os alunos tiveram aulas de técnica vocal, performance, escolha de repertório e ensaio com a banda da Sedec, que também esteve na etapa final do Festival.

Rômulo Albuquerque, coordenador da seção de Bandas Escolares da Sedec, disse que o projeto foi realizado durante todo o mês de agosto e percorreu outras duas praças da Capital – nos bairros do Valentina e Funcionários II. “O repertório que eles apresentaram, desde o vídeo enviado para a organização, foi escolha dos próprios alunos. A gente observou a questão da afinação, postura e trabalhamos em cima disso. Na final foram sete participantes, mas na verdade todos são vencedores. Nós estamos premiando os primeiros colocados no infantil e Fundamental II”, explicou.

Vencedores – Na categoria infantil, que corresponde ao Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano), o vencedor foi Antoni Morroni, da Escola Municipal Quilombola de Paratibe. “Eu estou muito feliz e quero agradecer a banda e ao professor Natalício. É muito bom estar aqui, é uma felicidade pra mim e para minha família”, disse o aluno, que também tem talento para o balé – ele foi um dos 20 alunos da rede classificado para a seleção da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil em 2023.

Na categoria juvenil, referente ao Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), Gabrielle Cavalcante, da Escola Municipal Índio Piragibe, foi a vencedora. “Foi uma experiência bem impressionante pra mim. Eu vinha orando muito pra Deus e fiquei muito feliz pelo primeiro lugar. Eu até chorei, porque teve uma hora que eu pulei uma parte da música, mas o baterista me ajudou e deu tudo certo”, afirmou a estudante.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais