Cinco pessoas são presas durante operação por morte de produtor rural na Paraíba

Cinco homens foram detidos nessa quinta-feira (17) suspeitos de envolvimento no assassinato e ocultação do cadáver do produtor rural Luiz Weber Antony de Faria Júnior, de 60 anos, mais conhecido como Júnior de Nereida.

O homem vivia em Itaporanga, no Sertão da Paraíba. A operação responsável pelas prisões, denominada Operação Cobiça, contou com as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros. A justiça havia emitido seis mandados de prisão e dez de busca e apreensão.

Segundo o g1, o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão ocorreu em Itaporanga, um em Boa Ventura e outro em João Pessoa.

Foram apreendidas uma espingarda e um revólver calibre 38 em residências de suspeitos. Veículos, dinheiro e aparelhos celulares foram confiscados. Uma motosserra pertencente à vítima foi encontrada na casa de um dos suspeitos.

Caso

Em agosto de 2022, Júnior de Nereida desapareceu, sendo que somente em abril deste ano o corpo foi localizado pela filha da vítima, próximo a uma construção abandonada dentro de uma propriedade pertencente à família. O delegado explicou que o corpo da vítima foi mutilado e ocultado após a sua morte.

Já em 6 de julho de 2023, Marcus Ulisses de Paulo, identificado pela Polícia Civil da Paraíba como o principal suspeito do homicídio e ocultação do cadáver, foi detido no Ceará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais