Copa Brasil de Paraciclismo conhece os primeiros campeões na etapa de João Pessoa

Os primeiros campeões da etapa João Pessoa da Copa Brasil de Paraciclismo, na categoria contrarrelógio individual, foram coroados neste sábado (16). No total, 112 atletas participaram desse primeiro dia de prova em 13 categorias. A competição é a última da temporada e vai formar a Seleção Brasileira para a disputa dos Jogos Parapan-Americanos do Chile, que será realizado em novembro. As provas foram iniciadas às 7h30, no percurso de 14 quilômetros montado entre a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, até o Posto Federal, no bairro da Penha. Neste domingo (17), acontece o segundo dia de competição.

Os atletas brasileiros mais bem rankeados marcaram presença em peso e fizeram bonito no primeiro dia de prova. O medalhista paralímpico, Lauro César Chaman confirmou o favoritismo e dominou a competição na Classe C5 – direcionada aos competidores com deficiência físico-motora e amputados, e levou a medalha de ouro. Gilberto de Sousa e Ilano de Sousa Couto terminaram na segunda e terceira colocação, respectivamente.

Bianca Canovas Garcia também foi destaque e conquistou a vitória na Tandem WB, categoria para atletas com deficiência visual – competem com seus guias em equipamentos que possuem dois bancos e quatro pedais. Ela superou Gilce Cristina Duarte e Márcia Ribeiro.

Em sua análise, o treinador da Seleção Brasileira de Paraciclismo, Romolo Lazzaretti, enfatizou que o momento é crucial para a montagem da equipe, visando dois objetivos fundamentais para o ciclo Paralímpico: Parapan de Santiago e a preparação para Paris-2024, e isso torna a vaga ainda mais desejada e competitiva.

O coordenador de Paraciclismo da Confederação Brasileira, Edilson Rocha, destacou a importância da prova que vai dar uma vaga direta para o competidor representar o País nos Jogos Parapan-Americanos, além da importância do apoio da gestão municipal para viabilizar o evento. “O nível da prova está muito alto, e para conseguir garantir um lugar entre os convocados, isso vai aumentar ainda mais porque a concorrência está alta. E João Pessoa é muito favorável para a prática, com um percurso totalmente com asfalto liso, com subidas e curvas técnicas, tudo que a gente precisa para ter sucesso”, avaliou.

O secretário de Juventude, Esporte e Recreação, Kaio Márcio, que possui uma trajetória como atleta Olímpico, compreende a importância de preparação adequada e necessidade de fornecer boas condições de organização, estrutura e segurança da Prefeitura em garantir a logística necessária para os atletas que vieram de outras regiões. “Estamos muito satisfeitos em poder sediar este evento pelo terceiro ano consecutivo, reconhecendo a sua relevância para a nossa cidade”, pontuou.

O evento é uma organização e realização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) com apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer) e Federação Paraibana de Ciclismo (FPC).

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais