Durante reunião em Brasília, o governo da Paraíba discutiu sua estratégia contra o crime organizado.

Este evento, que decorre até sexta-feira, reúne vários responsáveis ​​pela segurança pública de vários pontos do país.
A experiência do governo do estado da Paraíba em abordar a questão do crime, particularmente em relação aos crimes contra a vida, pode ser usada para complementar as abordagens usadas por outros estados no combate ao crime organizado. Jean Nunes, secretário de Segurança e Defesa Social, participou de seminário realizado em Brasília na quarta-feira. O evento, organizado pela Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, teve como título “Inteligência em Foco 5”.

O objetivo do seminário é proporcionar aos profissionais de inteligência de diferentes administrações federal, estaduais e municipais uma visão abrangente das mais recentes estratégias e técnicas de combate ao crime organizado.
Segundo Jean Nunes, a Paraíba pode contribuir com a implementação de estratégias e medidas que tenham levado a reduções significativas de crimes, como os relacionados a crimes contra a vida.
A 87ª reunião do Consesp está sendo realizada em Brasília. É uma oportunidade para os secretários de segurança pública dos diferentes estados e do Distrito Federal discutirem seus interesses comuns. Envolve também a coordenação entre o Ministério da Justiça e os órgãos de segurança.
Além disso, o Consesp sugeriu ao Ministério da Justiça melhorar a coordenação e a eficiência do sistema de segurança pública. Os secretários também foram informados sobre a criação de um fundo nacional de segurança pública que será utilizado no combate ao crime.
Os estados são obrigados a destinar parte de seus recursos do fundo para diversos programas e atividades, como redução de homicídios, combate ao feminicídio e desenvolvimento profissional. Esses programas também apóiam políticas voltadas para o tratamento de doenças de policiais causadas por suas funções.

Foto: Secom-PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais