Emlur orienta órgãos públicos na implantação da coleta seletiva

Emlur orienta órgãos públicos na implantação da coleta seletiva

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) orienta órgãos públicos na implantação de coleta seletiva de materiais recicláveis em suas dependências. O trabalho é realizado pela Diretoria de Educação Ambiental que, nesta sexta-feira (29), realizou uma palestra sobre o tema aos colaboradores do Hospital Napoleão Laureano.  

Na palestra, os educadores ambientais enfatizaram a necessidade de utilização de recipientes coloridos para diferenciar os resíduos secos e os úmidos, que incluem os materiais orgânicos (restos de alimentos). Já os rejeitos (como papel higiênico, guardanapo, papel toalha, absorvente e fralda descartável), devem ser descartados em outro recipiente.  

A diretora de Educação Ambiental, Carol Estrela, afirma que a orientação é para a separação dos resíduos, entre recicláveis ou não. “Todos os materiais secos como plásticos, vidro, papel e metal devem ser acondicionados separadamente para que a Emlur faça a coleta. Antes do descarte, é preciso higienizá-los”.  

Os resíduos hospitalares não são de responsabilidade da Emlur. Conforme a Lei nº 12.305/2010, os serviços de saúde devem realizar o descarte conforme o plano de gerenciamento de resíduos sólidos.  

Adesão – Qualquer entidade pública pode solicitar a inclusão na coleta seletiva. A Emlur já firmou parcerias com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), Ministério Público Federal (MPF), Justiça Federal e Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata), desde o ano passado.  

Domiciliar – A coleta seletiva domiciliar foi ampliada neste ano, com o lançamento do Programa Municipal de Coleta Seletiva, pelo prefeito Cícero Lucena. O foco inicial é sobre os condomínios residenciais com mais de três pavimentos, conforme determina a Lei Estadual nº 10.041/2013. A adesão é feita pelos síndicos dos condomínios. Após o pedido, a equipe de Educação Ambiental faz o trabalho de instrução das medidas necessárias.  

Para solicitar a inclusão na coleta seletiva, a população pode entrar em contato com a Emlur pelos telefones 3213-4237 ou 3213-4238, bem como pelo aplicativo ‘João Pessoa na Palma da Mão’. Outra opção é pelo site da Prefeitura de João Pessoa (www.joaopessoa.pb.gov.br), por meio da plataforma Prefeitura Conectada.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais