Estagiários da Secitec criam “Fábrica de Software” para solucionar problemas de programação e sites

A Secretaria de Ciência e Tecnologia de João Pessoa (Secitec), criou, no último mês, um projeto para desenvolver sistemas operacionais, chamada Fábrica de Software. A iniciativa tem o objetivo de solucionar problemas envolvendo programação e desenvolvimento de sites. Essa organização é feita por meio de estagiários que resolvem as demandas de forma prática.

O diretor da Divisão de Tecnologia e Inovação da Secitec, Edvaldo Vasconcelos, afirmou que: “a motivação veio a partir da percepção da Diretoria de Difusão de Inovação Tecnológica que a Secitec precisava criar uma ferramenta ampla e fortalecida para inovar nas soluções tecnológicas”. A iniciativa surgiu com a seleção de novos estagiários no segundo semestre. Eles foram divididos em subgrupos para desempenhar atividades de acordo com a habilidade de cada um.

O principal objetivo é agilizar a entrega de resultados e otimizar a produtividade dos projetos envolvidos com a Secitec.

O estudante de engenharia de produção Lucas Bandeira colabora com a iniciativa Codificar para Desenvolver (Code), que integra o ensino de programação de computadores nas escolas do ensino fundamental. “Nós temos um grupo geral dos estagiários. Cada subgrupo se organiza da melhor maneira, então quando é passado uma demanda, nós marcamos reuniões. Cada um fica com uma parte, então até dentro dos subgrupos há autonomia e cooperatividade. Então, cada um toma conta de alguma coisa, com o que cada um sabe fazer de melhor e aí vai desenrolando”, comentou.

Já para o estudante de engenharia mecânica Matheus de Medeiros, a experiência de estagiar numa Fábrica de Software é enriquecedora para a vida profissional. “Eu acredito que esse estágio vai me ajudar muito a adentrar mais nesse mundo criação de aplicativos, site e tudo mais. São coisas que são totalmente atuais e que não tenho muita oportunidade de estudar na minha graduação. Essa oportunidade vai me dar mais conhecimento nessa área que deve sim me trazer oportunidades a mais de trabalho que não teria sem esse conhecimento”, explicou.

Além desses projetos, a Fábrica de Softwares também colabora no desenvolvimento de outras iniciativas. Entre elas está o dashboard do observa dados, da iniciativa Code, que atende mais de seis mil estudantes da rede municipal, e um projeto em desenvolvimento com a parceria da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania voltada o para pessoas em situação de rua.

Segundo o Edvaldo Vasconcelos, a fábrica está aberta para expandir seu envolvimento em outras atividades “Os planos são de ampliar cada vez mais a Fábrica de Software e difundir os projetos, diversificando e projetando que este é o local que você encontrará soluções qualificadas em tecnologia” garantiu o diretor.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais