Funjope acolhe novos consultores da Lei Paulo Gustavo

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) realizou, nesta quarta-feira (27), uma reunião de acolhida e capacitação às consultoras Mirella de Almeida, Katiuscia Lamara, Andrea Monteiro e ao consultor Moacir Rodrigues, escolhidos por meio de edital para compor o núcleo do Escritório de Ideias e vão atuar, junto com a Funjope, em todo o processo da Lei Paulo Gustavo (LPG).  

“A Funjope intensifica o trabalho junto à Lei Paulo Gustavo, desta vez, fortalecendo o Escritório de Ideias, um projeto que criamos em 2021, para levar informações e fazer um trabalho de educação e convencimento de artistas, coletivos de artistas e de ONGs para que eles possam se inscrever em nossos editais”, explica o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.  

Ele lembra que, por meio de uma parceria com a Central Única de Favelas (Cufa), a Fundação fez um trabalho intenso na Lei Aldir Blanc e agora vai continuar esse processo na LPG. “Desta vez, além da equipe da Funjope, nós vamos contar com esses profissionais que foram selecionados em editais para fazer essa atuação”.  

Marcus acrescenta que está sendo criada uma agenda junto com a Cufa para ir às comunidades e, ao mesmo tempo, garantir que artistas ou coletivos que procurem a Funjope tenham o pleno atendimento para tirar suas dúvidas sobre o procedimento de produção de documentos e inscrição na LPG.  

“Estamos intensificando o trabalho e essa equipe de consultores será extremamente importante para nós. Vamos trabalhar nos nossos equipamentos culturais, na Funjope e também faremos agendamentos para que grupos de artistas possam ser atendidos pelas nossas equipes nas próprias comunidades”, destaca.  

Os consultores selecionados vão contribuir no processo de busca ativa, farão reuniões nas comunidades com os artistas, coletivos e ONGs para tentar traduzir e repassar as informações para esses artistas sobre os editais.  

Consultores – Katiuscia Lamara dos Santos Barbosa é professora universitária, com doutorado em música. Andrea Monteiro Diniz é bailarina com ampla formação e larga experiência em dança. Mirella de Almeida Braga é doutora em Antropologia e professora universitária. Graduando em Tecnologia de Gestão Pública, o consultor Moacir Rodrigues da Silva Junior é artista e produtor cultural.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais