Leo Bezerra destaca o cuidado e o olhar da Prefeitura no incentivo à prática esportiva aliada ao ensino de qualidade

Leo Bezerra destaca o cuidado e o olhar da Prefeitura no incentivo à prática esportiva aliada ao ensino de qualidade

A Prefeitura de João Pessoa, que oferta o ensino da robótica nas escolas, desenvolve projetos como Balé Bolshoi e Campeões do Amanhã, também incentiva a prática esportiva de competição para promover uma educação de qualidade aos alunos. Neste sábado (30), o prefeito em exercício Leo Bezerra destacou esse cuidado da gestão municipal e o olhar especial para o ensino durante o encerramento das Olimpíadas Escolares, que reuniu 1.600 crianças na Vila Olímpica Parahyba, no Bairro dos Estados.  

“É uma alegria muito grande saber que o Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa trabalham juntos para melhorar a qualidade de vida da nossa população. E hoje, aqui, em especial, com essas crianças que participaram dos jogos, recebendo medalha, o lanche. E o mais importante é essa interação entre as escolas. Então, eu fico muito feliz de poder participar desse momento e dizer que nós estamos prontos para fazer a melhor educação de João Pessoa”, afirmou o prefeito em exercício.  

O evento foi organizado pela Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec) durante duas semanas, reunindo 69 escolas da Rede Municipal de Ensino e mais de 3 mil estudantes em 10 modalidades esportivas: futsal, basquete, vôlei, handebol, futebol de travinha, judô, xadrez, natação, atletismo e bocha paralímpica. Neste sábado foi dia do ‘Kids Games’, para os alunos de 6 a 11 anos de idade.  

“A gente está no segundo ano, com um aumento de 31 para 69 escolas em relação ao ano passado. O Kids Games é um momento de recreação, um circuito esportivo, onde as crianças de 6 a 11 anos passam um dia aqui conosco, brincando, lanchando, se alimentando, se divertindo, comemorando já a entrada do mês de outubro, que é o mês das crianças”, explicou o diretor da Divisão de Educação Física, Saúde e Esporte Escolar da Sedec, Teodan Cardoso.  

Para o pequeno Ryan Tomaz, de 9 anos, aluno da Escola Carlos Neves da França, no José Américo, o dia foi especial. Ele ficou em segundo lugar numa competição de futebol, mas garantiu que o resultado foi empolgante. Em sua primeira entrevista, ele disse que sonha em um dia ser jogador profissional. “Muito bom. Gostei. Quero continuar jogando para me tornar profissional. E, na escola, é tudo muito bom, mas a hora do recreio é minha preferida”, brincou o estudante.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais