Orquestra Sinfônica apresenta obras de Mozart e Haydn nesta sexta-feira

Orquestra Sinfônica apresenta obras de Mozart e Haydn nesta sexta-feira

A Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa apresenta, nesta sexta-feira (20), o VII concerto oficial da temporada 2023. Sob o comando do maestro Nilson Galvão, os músicos vão executar obras do período clássico, envolvendo os compositores Wolfgang Amadeus Mozart e Joseph Haydn. O concerto acontece no Centro Cultural São Francisco, no Centro Histórico.  

Orquestra Sinfônica apresenta obras de Mozart e Haydn nesta sexta-feira

“O concerto da nossa Orquestra é sempre um momento muito especial para a Funjope e a Prefeitura de João Pessoa, porque ofertamos, tradicionalmente, um espetáculo de boa música para o nosso morador e também para o turista. Temos realizado há bastante tempo, e o Museu de São Francisco se consolidou como um lugar de referência da musicalidade da nossa Orquestra que, inclusive, ensaia lá, e nós esperamos a presença forte e muito bonita do público”, declara o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.  

Ele também aproveita para, em nome do prefeito Cícero Lucena e de toda a Prefeitura, agradecer ao Centro Cultural São Francisco, que tem à frente o padre Marcondes Menezes, que tem acolhido a Funjope dentro desse projeto que já é consolidado. “Vai ser realmente um concerto muito bonito”, acrescenta.  

A primeira obra da noite será o ‘Concerto para Clarinete em Lá Maior’, de Mozart, e a última, a ‘Sinfonia número 54’, do compositor austríaco Joseph Haydn. “Esse é um concerto bem leve. As obras têm a característica de melodias bonitas, alegres, espirituosas, leves”, declara o maestro. O Concerto para Clarinete, conta com o solista convidado Alphonsus Silveira, clarinetista da Orquestra Sinfônica da Paraíba.  

O maestro explica que o concerto de Mozart tem uma peculiaridade porque é a última obra instrumental escrita pelo compositor. Essa obra, provavelmente, estreou no dia 16 de outubro de 1791 e Mozart faleceu no dia 5 de dezembro.  

Já a ‘Sinfonia 54’ é o fechamento do ciclo sinfônico do compositor Joseph Haydn. Enquanto ele escreveu 104 sinfonias, Beethoven, por exemplo, escreveu nove, assim como Schubert. Mozart escreveu 40. A ‘Sinfonia 104’, de Haydn, é a que encerra o ciclo sinfônico dele, intitulada de ‘Londres’. É uma sinfonia que foi executada exatamente em uma das turnês que o compositor austríaco fez para a cidade de Londres. Haydn tem um ciclo inteiro, 12 sinfonias, escritas lá.  

“O público pode esperar muita vivacidade. A primeira obra em ‘Lá Maior’ super brilhante, alegre. Já o Haydn é leve, gostoso, muitas melodias, muita energia”, completou.  

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais