Porto do Capim elimina Padre Zé na rodada de abertura da Copa João Pessoa de futebol

Porto do Capim elimina Padre Zé na rodada de abertura da Copa João Pessoa de futebol

A cerimônia de abertura da Copa João Pessoa de Futebol, organizada pela Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer) de João Pessoa, aconteceu na noite desta quarta-feira (18) no CT Ivan Tomaz, bairro do Valentina Figueiredo. Antes da bola rolar, o evento contou com a apresentação da banda marcial da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec). Em campo, o Porto do Capim eliminou o Padre Zé após empate no tempo normal, garantiu a classificação na cobrança dos pênaltis.  

Logo após o show da banda da Sedec, hasteamento da bandeira e a execução do hino nacional, o secretário de Juventude, Esporte e Recreação, Kaio Márcio, o secretário executivo da pasta, Juliano Sucupira e o vereador Zezinho foram os responsáveis por darem o pontapé para início da competição. Pelo regulamento, 64 times disputam o torneio no masculino e outros 12 no feminino.  

“Estamos muito felizes em poder contribuir com a competição que conta com números expressivos: mais de 1.500 atletas, 64 times no masculino e 12 feminino. Isso mostra a grandiosidade do evento e que é um desafio para a Secretaria. O torneio é muito importante para a sociedade como um todo, os bairros se envolvem e tenho certeza que será ainda melhor do que foi no ano passado”, comentou Kaio Márcio.  

No primeiro jogo da principal competição de futebol da cidade, a equipe do Porto do Capim, que caiu na primeira fase da competição no ano passado, conquistou um feito inédito, levou a melhor e venceu pelo placar de 3 a 2 na cobrança dos pênaltis, após o jogo terminar em 1 a 1 no tempo normal. O time avançou para os 32-avos de final na Copa João Pessoa de Futebol.  

“O objetivo é brigar pelo título. Faz mais de 15 anos que a gente buscava essa classificação. Agora é colocar o coração na ponta da chuteira e entrar mais forte ainda no próximo compromisso, independente do adversário”, falou o treinador da equipe do Porto do Capim, Alberto José Silva.

Regulamento – De acordo com o regulamento da competição, serão seis fases eliminatórias, em jogo único. Na primeira fase, portanto, ocorrerão 32 jogos e, a partir daí, os times vão se afunilando, sempre com metade sendo eliminada e metade avançando até apenas duas equipes chegarem à final, prevista para acontecer no dia 18 de dezembro no Estádio de Graça, que está em fase de conclusão de reformas.  

Já no naipe feminino, as equipes foram divididas em quatro grupos de três, com as campeãs de cada um avançando para as semifinais. Na Chave A tem os times do Cristo, Grotão e Colinas 2; na Chave B: Mangabeira 1, Mangabeira 4 e 5 e Castelo Branco; Chave C: São José, Cruz das Armas e Timbó; e, por fim, na Chave D: Brisamar, Paratibe e Manaíra.  

A premiação da Copa João Pessoa de Futebol segue com o mesmo valor nas duas categorias: R$7 mil para o campeão, R$4 mil para o vice-campeão e o terceiro colocado receberá R$2 mil, tanto para o masculino como no feminino, além de medalhas e troféus para o campeão, vice-campeão e terceiro lugar.  

Os jogos vão acontecer nos campos gramados da Prefeitura de João Pessoa: CT Ivan Thomaz e Campo da Marquise, ambos no Valentina, e no Estádio Wilsão, em Mangabeira. Já as finais deverão ser disputadas no Estádio da Graça, que está em fase final de reforma, e vai contar com uma capacidade de 3.500 torcedores.  

Confira os próximos confrontos (no masculino):  

Quinta-feira (19)

Valentina x José Américo, às 19h – Wilsão  

Sexta-feira (2)

Ilha do Bispo x Funcionários 3, às 19h – CT Ivan Tomaz

Colibris x Bancários, às 19h – Wilsão

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais