Prazo termina nesta segunda e Funjope orienta sobre como garantir inscrição em editais

Prazo termina nesta segunda e Funjope orienta sobre como garantir inscrição em editais

O prazo para inscrição nos editais da Lei Paulo Gustavo, publicados pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), se encerra nesta segunda-feira (16) e, para auxiliar os candidatos, a Fundação já reuniu as comunidades de Cruz das Armas, Tambiá, Colinas do Sul, Tambauzinho, Mangabeira. Roger, Porto do Capim, Muçumagro, São José, São Luiz, Citex, Ernani Sátiro e Esplanada, além de uma reunião virtual.  

“Estamos extremamente focados no desenvolvimento dos editais da Lei Paulo Gustavo e realizamos uma grande série de debates com as comunidades, grupos de artistas, fóruns, montamos o Escritório de Ideias. Temos trabalhado diuturnamente para, por meio da nossa equipe e de uma equipe de consultores, darmos as orientações para os artistas se capacitarem para o processo de inscrição”, comentou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.  

Todos os que fazem a Funjope têm a consciência plena e a grande responsabilidade com a qual desenvolveram esses editais. O diretor observou que trata-se de um alto volume de recursos financeiros e a meta é que até dezembro a Fundação consiga pagar todos os projetos aprovados.  

“Esta é a reta final e nós desejamos que todos os artistas tenham sucesso pleno no seu processo de inscrição que contou com a valiosa colaboração da JP Cultura. Nós restabelecemos a JP Cultura que é a grande ferramenta de inscrição dos nossos editais e ela se desenvolveu de maneira plena, sem nenhum tipo de atraso ou bloqueio, os artistas aderindo à JP Cultura, de maneira que vamos ter, seguramente, sucesso nos nossos editais”, constatou.  

Esta é uma ação que a Funjope vem realizando há cerca de dois anos, quando foi criado o Escritório de Ideias para discutir os projetos da Lei Aldir Blanc. Em 2022, houve discussões sobre os editais de ocupação da Casa da Pólvora, Casarão 34 e Hotel Globo, equipamentos da Funjope. Nesta iniciativa, técnicos da Fundação vão até as comunidades, reunindo grupos de cultura e repassando as informações necessárias para a construção de seus projetos, permitindo assim que tenham acesso aos editais.

Orientações – Os candidatos precisam ficar atentos. A Funjope identificou que alguns candidatos aos incentivos não estão concluindo todo o processo para garantir sua participação. O interessado deve revisar sua inscrição e seguir corretamente as orientações para evitar que seja anulada.  

Muitas inscrições não foram finalizadas e encontram-se como ‘rascunho’ na plataforma ‘JPCultura’. Quando o candidato estiver certo de que sua inscrição está completa, deve clicar nos botões ‘salvar’ e, em seguida, ‘enviar’.  

Aparecerá uma tela com o número de protocolo de sua inscrição e a informação ‘enviada’. Só assim, é possível ter certeza de que a inscrição foi concluída e recebida pela Funjope.  

Outra orientação é que os candidatos não deixem essa finalização para a última hora, evitando eventuais problemas de tecnologia, especialmente dificuldades de conexão que possam prejudicá-los.  

Editais – João Pessoa conta com quase R$ 7 milhões em recursos federais para investimento na cultura, e as inscrições estão abertas para projetos de multiáreas e para o setor audiovisual.   Para o edital do concurso público ‘O Novíssimo Cinema Parahybano’, cujo valor é de R$ 4.224.90, a inscrição deve ser realizada na plataforma JP Cultura no link https://jpcultura.joaopessoa.pb.gov.br/ e na plataforma 1Doc, no link https://joaopessoa.1doc.com.br/b.php?pg=wp/wp&passo=2&itd=5&g_id_assunto=12752.   O edital pode ser acessado no link https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br/#/licitacoes?id=8534.  

Serão selecionados projetos e propostas nas linhas de desenvolvimento de obra audiovisual, produção, participação em ambientes de mercado nacionais e/ou internacionais, difusão de obra audiovisual, formação de profissionais da área e pesquisa do audiovisual paraibano como foco no mercado audiovisual de João Pessoa, fomentando o desenvolvimento estratégico da cadeia produtiva do setor na cidade.  

Dúvidas relativas ao edital ‘O Novíssimo Cinema Parahybano’ poderão ser esclarecidas pelo e-mail cinema.funjope@gmail.com. No assunto, deve conter ‘Dúvida Edital O Novíssimo Cinema Parahybano’.   Para as demais áreas, o apoio será através de incentivo ou fomento direto às propostas ou ainda por meio de bolsas de financiamento. Este edital conta com recursos no valor de R$ 2.016.809,05 e podem se inscrever pessoa física, jurídica, coletivos ou grupos culturais.  

Cada proponente poderá inscrever apenas uma proposta. Ficam garantidas cotas étnico-raciais e de ações afirmativas para pessoas pretas e pardas (20%), indígenas (10%), comunidades tradicionais (10%), pessoas LGBTQIAPN+ (10%), PcDs (10%) e ampla concorrência (40%).  

As inscrições podem ser feitas na plataforma na Plataforma JP Cultura e no 1Doc no endereço https://joaopessoa.1doc.com.br/b.php?pg=wp/wp&itd=5. O cadastramento na Plataforma JP Cultura é obrigatório para todos, inclusive quem já estava inscrito na plataforma antiga. Para mais informações, basta acessar o edital no link https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br/#/licitacoes?id=8532.  

Serão contempladas com os benefícios previstos neste edital manifestações e iniciativas nas categorias de música; teatro; dança; circo; artes plásticas e visuais; livro, literatura, leitura, oralidade e bibliotecas; patrimônio histórico e cultural; culturas populares; artesanato; capoeira; cultura hip hop; artes integradas; projetos livres.  

Apoio – Se houver alguma dificuldade para fazer a inscrição nos editais da Lei Paulo Gustavo, a equipe da Funjope pode auxiliar no processo de cadastro. Os contatos são (83) 3213-4402 e (83) 3213-4406, além do e-mail lpg.joaopessoa.@gmail.com.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais