Prefeito entrega reforma e ampliação do Pronto Atendimento em Saúde Mental do Complexo Hospitalar de Mangabeira

O prefeito Cícero Lucena entregou, nesta quarta-feira (27), a reforma e ampliação do Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm), que funciona no Complexo Hospitalar de Mangabeira. A solenidade, também alusiva ao Setembro Amarelo, mês dedicado a prevenção ao suicídio, marcou o início de uma nova fase para esse serviço na Capital, que passa a acolher pacientes que necessitam de atendimento psiquiátrico, de urgência e emergência, de uma forma muito mais humanizada.  

Um olhar especial para o Complexo Hospitalar de Mangabeira, que está passando por amplo processo de requalificação, com novo setor de urgência clínica e UTI, com ampliação de 30 novos leitos. “A questão mental é fundamental para a qualidade de vida das pessoas. Somente nesse mês é o terceiro equipamento que nós estamos entregando, exatamente demonstrando o cuidar, o olhar, o respeito e o sentimento de amor ao próximo que a Prefeitura tem, através da Secretaria de Saúde”, afirmou Cícero Lucena.  

“Outros equipamentos serão entregues ainda no decorrer do próximo mês, no máximo. É o olhar humanizado, o olhar justo para o atendimento das pessoas que tende a fortalecer-se ainda mais com essa questão que o prefeito tem muito em mente, que é cuidar de cada um como pessoa, como ser individual”, destacou Luis Ferreira, que reassumiu o comando da Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira.  

O Pasm ganhou dois novos consultórios psiquiátricos, uma sala de triagem para acolhimento do paciente e da família, novos leitos nas enfermarias de estabilização, uma enfermaria de observação, espaço para atendimento às famílias, espaço de lazer, além de mais comodidade com climatização dos ambientes e novas camas. O investimento foi de R$ 180 mil.  

“Todas as pessoas não conseguem esse serviço na rede privada, mas tem aqui, agora, de uma forma muito mais humanizada. Isso é, na verdade, o único realmente do município. No Brasil tem, no máximo, cinco serviços iguais a esse. E vem fechar o mês de setembro mostrando o nosso carinho e o nosso cuidado”, observou a secretária executiva de Saúde, Janine Lucena, lembrando que a gestão municipal já entregou, só nesse mês, uma residência terapêutica totalmente reformada no Rangel e o Caps Caminhar, também reformado, no Jardim Cidade Universitária.  

A coordenadora do Pasm, Maria Alexina, destacou que a atual gestão vem cuidando da saúde mental em João Pessoa com um olhar mais próximo possível para a realidade dessa causa tão importante. “Nós tratamos a fase aguda da doença e encaminhamos os pacientes para tratamento nas redes de atenção psicossocial dentro do Município. Por mês, nós atendemos 450 pessoas com adoecimento mental na fase aguda da doença. Nós estamos apresentando um serviço totalmente reestruturado, há três anos, quando eu cheguei aqui, quase nem entrava. O paciente não tinha o respeito e a dignidade que se deve ter alguém com transtorno mental”, disse.  

Atendimento – No Pasm, são oferecidos atendimentos de urgência e emergência psiquiátricos, como surtos psicóticos, uso compulsivo ou abstinências de álcool e outras drogas, tentativa de suicídio, ansiedade e depressão aguda. Os serviços incluem escuta psicológica, consulta psiquiátrica, consulta psicológica, consulta de enfermagem e orientação familiar.  

Também participaram da solenidade o deputado estadual João Gonçalves, os vereadores Bruno Farias e Professor Gabriel, além de vários secretários da gestão municipal.  

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais