Prefeitura realiza 540 atendimentos em primeira edição do projeto ‘Saúde + Perto Kids’

Prefeitura realiza 540 atendimentos em primeira edição do projeto ‘Saúde + Perto Kids’

A primeira edição do ‘Saúde + Perto Kids’, realizada na manhã deste sábado (21), registrou um total de 540 atendimentos. O projeto, promovido pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aconteceu na Escola Violeta Formiga, em Mandacaru, oferecendo, exclusivamente, serviços pediátricos. Já no Busto de Tamandaré, na orla da Capital, a gestão municipal participou de uma iniciativa do Rotary Club, para estimular a vacinação contra a poliomielite.

O ‘Saúde + Perto’ é uma ação da Prefeitura de João Pessoa, que visita os bairros da Capital, levando serviços de saúde com o objetivo de facilitar o acesso da população aos atendimentos especializados. Em meio à programação especial de outubro, alusiva à passagem do Dia das Crianças, o projeto lançou, neste sábado, a versão destinada, especificamente, ao público infantil. As atividades em Mandacaru tiveram início às 8h. Por volta das 9h30, cerca de 150 crianças já haviam sido atendidas. Mais de 30 profissionais de saúde estiveram a postos.

“O ‘Saúde + Perto Kids’ disponibilizou pediatras, clínico geral, psicólogo e psiquiatras infantis, além de atividades lúdicas, atividades com educadores físicos voltadas para crianças, uma nutricionista com pesagem e orientação nutricional, e ações de saúde bucal, ensinando sobre a escovação correta. Ficamos muito felizes com a procura da população e os resultados obtidos. O projeto seguirá, a partir de agora, para outros bairros”, explicou a diretora de Atenção à Saúde, Alline Grisi.

Demandas – A dona de casa Priscila Moreno, que reside em Mandacaru, foi à escola com oito filhos, com idades de sete meses a 14 anos. O foco dela era o mais novo deles, o Samuel. “Ele está tossindo há duas semanas. Eu estava fazendo lavagem, mas não resolveu. Então, viemos até aqui e conseguimos atendimento diretamente com a pediatra. Aproveitei a oportunidade para trazer meus outros filhos para check-up”, disse.

Já Elisângela Alves, também moradora de Mandacaru, procurou o projeto para conseguir atendimento para a filha Mariane, de oito anos, que é asmática. “Ela não está em crise, porém, a medicação que tínhamos em casa acabou. E não podemos ficar sem. Com a mudança do clima, meu cuidado redobra, pois ela pode ter uma piora a qualquer momento. Aqui, não só fomos atendidas pela médica, como conseguimos a receita para garantir a medicação necessária através do SUS”, comemorou.

Números – Dos 540 atendimentos registrados, 180 foram referentes à consulta com a pediatra; 51, para Cartão SUS; 65, auriculoterapia; 100, mandalaterapia; 12, relaxamento; 50, respiração consciente; 47, marcações de exames laboratoriais (Lacen); e 35, marcações de exames.

Pólio – Já na praia, integrantes do Rotary Club em João Pessoa encabeçaram uma ação destinada à vacinação de crianças com idades de seis meses a cinco anos, contra poliomielite (paralisia infantil). A iniciativa acompanha um movimento internacional do Rotary, trazendo como tema “Juntos contra a Pólio”. O objetivo foi chamar a atenção para o Dia Mundial de Combate à Poliomielite, celebrado mundialmente em 24 de outubro.

Como resultado dos esforços da imunização, no Brasil não há circulação de poliovírus selvagem (da poliomielite) desde 1990. “Contudo, com a pandemia, o número de crianças vacinadas começou ter uma baixa. E queremos seguir com a doença erradicada, em nosso país. Por isso, esse trabalho é tão importante”, explicou Guilherme Aragão, presidente do Rotary Clube de João Pessoa.

A vacinação aconteceu com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, que também disponibilizou vacinas que fazem parte do Programa Nacional de Imunização (PNI), e contra Influenza e Covid-19, para quem desejasse atualizar suas cadernetas.

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais