Rede municipal de saúde oferece atendimento com intérprete de Libras para pessoas surdas

A rede municipal de saúde de João Pessoa oferece atendimento acompanhado por intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) para as pessoas surdas. A assistência para este grupo faz parte do projeto ‘Mãos que Multiplicam Saúde’, que tem o objetivo de garantir a acessibilidade no atendimento clínico de usuários com deficiência auditiva.

Atualmente, os intérpretes de Libras da rede municipal de saúde estão nas policlínicas do Cristo, Jaguaribe e Mangabeira, mas o acompanhamento é oferecido também nas outras policlínicas, além de hospitais e unidades de saúde da família (USF) durante as consultas médicas, exames de rotina e outros atendimentos em que haja necessidade.

Para ter acesso ao acompanhamento do intérprete de Libras durante algum atendimento, o usuário com deficiência auditiva deve solicitar diretamente no serviço de saúde em que será atendido, por meio de agendamento, e será acompanhado por um intérprete na data marcada.

A assistente social e intérprete de Libras da rede municipal, Rosângela Lima, destaca a importância do trabalho desenvolvido pelo projeto. “O usuário surdo está em constante necessidade do acompanhamento do intérprete de Libras, que é fundamental para uma comunicação segura”, afirmou.

Capacitação – O projeto ‘Mãos que Multiplicam Saúde’ oferece, também, cursos de capacitação a profissionais de saúde de João Pessoa. Desde o início do projeto, em 2014, aproximadamente 250 funcionários já foram habilitados com conhecimentos básicos para atendimento e acolhimento ao público em diversos serviços da rede municipal de saúde como policlínicas, hospitais, unidades de saúde da família (USFs) e Ouvidoria da Saúde.

“Para alguém se tornar um tradutor intérprete de Libras, é necessário um conhecimento maior. No nosso curso, nós passamos um conhecimento básico. Por isso, os profissionais da rede municipal que concluem o curso faz o acolhimento do usuário surdo quando chega ao serviço e entram em contato com os intérpretes de Libras para que seja realizado o acompanhamento durante o atendimento”, explicou Rosângela Lima.

Serviço – No caso de pessoas que comecem a perceber problemas de audição, devem procurar primeiramente sua USF, onde será encaminhado para um especialista da rede municipal para diagnóstico. Já o atendimento de referência para surdos em João Pessoa acontece na Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad).

Dia Nacional do Surdo – Nesta terça-feira (26) é o Dia Nacional do Surdo, data que relembra a luta da comunidade surda brasileira por direitos e inclusão. Oficializado em 2008, por meio do decreto de lei nº 11.796, o dia 26 de setembro foi escolhido por ser a data de fundação da primeira escola de surdos no país, o Instituto Nacional de Educação de Surdo (INES).

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais