‘Salve Salve Independência’ é tema da 21ª Tardezinha Inclusiva neste domingo

A 21ª edição da Tardezinha Inclusiva, um dos braços do projeto Somos Capazes – Inclusão pela Arte, acontece neste domingo (24), a partir das 14h, no Centro Cultural de Mangabeira. O evento, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e Associação Paraibana de Autismo (APA), comemora o mês da Independência do Brasil com o tema ‘Salve Salve Independência’.  

“Nós, da Prefeitura de João Pessoa, estamos cuidando do futuro das nossas crianças quando estimulamos um projeto de inclusão social pela arte e pela cultura. Já estamos fazendo a Tardezinha Inclusiva há quase dois anos e é uma iniciativa vitoriosa, sobretudo, porque foi abraçada, cuidada pelas próprias mães, pela APA, pela jornalista Nik Fernandes, que têm nos ajudado a dar continuidade a esse projeto”, avalia o diretor-executivo da Funjope, Marcus Alves.  

Ele constata que a Tardezinha Inclusiva conquistou o coração das pessoas porque mostra para a sociedade que é possível crianças autistas, T21 e com alguma deficiência se expressar e ocupar um lugar na sociedade. “Isso é significativo e temos um suporte, um apoio grandioso do próprio prefeito Cícero Lucena e da primeira-dama Lauremília Lucena. É uma grande conquista para a cidade de João Pessoa esse projeto de inclusão pela arte”, acrescenta.  

A presidente da APA, Hosana Carneiro, disse que vê a Tardezinha como uma forma de independência cultural, onde os autistas e outros especiais têm a oportunidade de se expressar, formar vínculos, tratar suas angústias e medos da vida social. Ela afirma que os temas também são importantes para concretizar conhecimentos vividos em ambiente escolar, família e até programas de tv.  

“Então, salve, salve nossa independência. Vamos mostrar para a sociedade que a Prefeitura de João Pessoa, através da Funjope, vem sendo modelo de inclusão social e cultural. Até me emociono falando de nossa Tardezinha. Agradeço ao diretor-executivo da Funjope, Marcus Alves, e ao nosso prefeito Cícero Lucena por acreditar nessa tão sonhada independência cultural acessível”, afirmou.  

“Também estamos comemorando o que as mães mais sonham e desejam para seus filhos atípicos, a sua independência. Então, a independência que comemoramos é, não só a do nosso país, mas a de nossos filhos atípicos”, afirma Nik Fernandes, uma das organizadoras do evento. “Estamos muito felizes com o projeto e eu sempre digo em todas as minhas palestras que a arte e a cultura são as maiores aliadas para as crianças autistas. Ajuda a desenvolver e descobrir talentos”, concluiu.  

Programação – As atividades da Tardezinha incluem a Turma Tá BLZ, com a cantora Nik Fernandes, DJ Jhonny Fernandes e sua playlist personalizada; os personagens Mario Bros e o Sonic; as palhaças Baba Baby e Kika, e a apresentação musical do autista Lucas.  

Participam ainda a Banda Marcial Infantil da Escola Municipal Pedro Padre Serrão e a Banda Marcial da Escola Municipal Luiz Ramalho; o cantor mirim Rafaell Star; o convidado especial o Rei do Brega Levy Reis e Alemão dos Teclados; e o mágico Smith.  

Haverá oficinas de artes, de massinha de modelar, de beleza para as mães; oficina da fonoaudióloga Linzabely Souza e da psicopedagoga Sabrina Medeiros; oficina da Clínica Metamorfose e também oficina de cuidados da equipe da Escola Técnica São Vicente de Paula; oficina de gesso do Espaço Happy; de Cosplay Imaginação; Cabana Bakana e oficinas da equipe Bellas Artes. Além disso, a criançada vai poder se divertir nos brinquedos infláveis da Cindy Festas.

Será oferecido atendimento das assistentes sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e atendimento jurídico, sem contar com a Feirinha Inclusiva com produtos feitos pelas mães.  

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais