Secretaria de Saúde capacita profissionais na realização do teste rápido para detecção da hanseníase

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) segue oferecendo capacitações para qualificar, ainda mais, a assistência prestada à população de João Pessoa. Na tarde desta segunda-feira (28), médicos e enfermeiros participaram de um evento sobre testes rápidos para detecção da hanseníase. O encontro, promovido pela Diretoria de Atenção à Saúde (DAS), ocorreu no auditório do Uniesp.

De acordo com Eveline Vilar, coordenadora da Área Técnica da Tuberculose e Hanseníase da SMS, a capacitação foi destinada aos profissionais da Rede de Atenção Básica. “A nossa capacitação visa fazer um diagnóstico precoce nos casos da doença no município de João Pessoa. Como a hanseníase é uma doença transmissível, existem critérios técnicos para sua detecção”, explicou.

Teste rápido – É um teste imunocromatográfico capaz de determinar, de forma qualitativa, a presença de anticorpos IgM anti-Mycobacterium leprae em amostras biológicas de soro, plasma ou sangue total. A determinação do resultado é realizada por análise visual, não necessitando de auxílio de outros equipamentos para leitura, devendo ser realizado em tempo inferior ou igual a 20 minutos.

Doença – A hanseníase é uma doença infectocontagiosa crônica, causada pelo Mycobacterium Leprae, que atinge pele e nervos periféricos, podendo levar a lesões neurais e incapacidades físicas. A doença compõe a lista de notificação compulsória e investigação obrigatória em todo o território nacional. O diagnóstico é eminentemente clínico e a maioria dos casos pode ser confirmada no nível da Atenção Primária à Saúde (APS).

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais