SEIG destaca políticas e código de conduta ética no 9º Workshop de Integridade, Governança e Prevenção à Corrupção

SEIG destaca políticas e código de conduta ética no 9º Workshop de Integridade, Governança e Prevenção à Corrupção

A prática de políticas éticas de um código de conduta é essencial para que o servidor exerça sua função de forma adequada. Esse foi o tema abordado no 9º Workshop de Governança, Integridade e Prevenção à Corrupção de João Pessoa, realizado pela Secretaria Executiva de Integridade, Governança e Prevenção à Corrupção (SEIG), em parceira com a Rede Governança Brasil (RGB), na manhã desta sexta-feira (6). A capacitação ocorreu de forma remota, através da plataforma Teams.

Segundo a diretora de Prevenção à corrupção da SEIG, Julianna Espínola, o código de ética padroniza o exercício da profissão e as condutas que devem ser seguidas. Seu objetivo é garantir tanto a segurança do servidor, da alta gestão e, bem como, da população.

“Desenvolver a consciência ética é essencial para garantir o respeito à cidadania, ao interesse público e à democracia. Os agentes públicos, principalmente os que ocupam funções administrativas, deparam-se com situações em que é preciso tomar determinadas decisões. Boas decisões exigem discernimento, integridade, mas, sobretudo, o exercício da conduta ética. Diante das inúmeras demandas, são eles a tomar as melhores decisões com a finalidade de garantir o bem comum, baseado em padrões e princípios éticos de probidade, decoro e boa-fé”, destacou.

O subcontrolador de integridade, transparência e combate a corrupção do município de Uberlândia (MG), o procurador José Júnior Alves da Silveira, ressaltou que a conduta ética do servidor público não é apenas uma questão de comportar-se de acordo com o que é permitido. “A ética contribui para o bom funcionamento da instituição pública, aumenta o nível de confiança e o comprometimento entre os servidores. O código de ética é um aliado do servidor. Por isso, é necessário que os servidores apliquem os valores éticos para que os cidadãos possam acreditar na eficiência dos serviços públicos.”, pontuou.

Programa Farol – O procurador de Uberlândia frisou ainda, como o Programa Farol, programa de Integridade e Compliance de João Pessoa, se tornou referência de qualidade nos programas de integridade no país. “A metodologia adotada e os pilares que compõem o programa Farol, demonstram a seriedade e a preocupação com a efetividade das ações adotadas pela Prefeitura. Parabéns a toda equipe da SEIG”, finalizou.

Informações – Para saber mais sobre a SEIG, basta acessar:
Secretariahttps://www.joaopessoa.pb.gov.br/secretaria/seig/
Farolhttps://www.joaopessoa.pb.gov.br/programas-e-projetos/farol/

Portal da Transparênciahttps://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br/#/boas-praticas/seig-farol

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais