Sintur-JP tem manifestado sua preocupação com o aumento do preço do diesel e cobra subsídios e isenções fiscais às administrações estaduais e municipais.

Segundo Isaac Júnior, diretor da entidade, o aumento do preço do diesel pode afetar a operação das empresas de ônibus urbanos, fazendo com que não consigam prestar seus serviços adequadamente.

Isaac Júnior afirma que, Mais de dois milhões de quilômetros são percorridos por sua frota de 410 ônibus, que consomem mais de 900 mil litros de óleo diesel por mês. Devido ao aumento do preço do combustível, o custo mensal de operação dos ônibus aumentou em quase R$ 1 milhão.
Isaac Júnior, representante do Sintur-JP, afirmou que a empresa de transporte público não pretende aumentar a tarifa. Em vez disso, conversará com o Governo do Estado e a administração local sobre como abordar o assunto.
As empresas não conseguem lidar com o alto custo do combustível. Porém estão empenhadas a prestar um bom serviço e não irão considerar o aumento de tarifas.
Isaac assenta que, a redução de impostos começa a evoluir para uma isenção de impostos. Ele observou que as autoridades devem implementar imediatamente uma política de imposto zero sobre os passageiros de ônibus.

Foto: (compartilhada no WhatsApp)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais