Cícero Lucena apresenta residencial quilombola ao presidente da Cohab Londrina, que elogia iniciativa

A experiência do primeiro residencial popular quilombola do Brasil, que está sendo construído pela Prefeitura de João Pessoa, em Paratibe, será modelo para outras gestões no País. Nesta quarta-feira (23), o prefeito Cícero Lucena apresentou o empreendimento, que vai beneficiar 80 famílias, para o presidente da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab), Bruno Ubiratan, que elogiou a iniciativa da gestão, que realiza a obra com recursos próprios.

“Ter a capacidade de ouvir a comunidade, de debater a solução para os seus problemas, você encurta os caminhos e faz de forma humanizada. Conheci o assentamento quilombolas há três anos e encontramos uma solução que exigiu um esforço maior da Prefeitura, porque está sendo feito com recursos próprios – desde o aluguel social até a construção dos apartamentos”, afirmou o prefeito Cícero Lucena, que explicou que a entrega será realizada a partir da finalização de cada um dos cinco blocos de apartamentos.

Ao todo, o residencial, que vai se chamar Hélio Miguel da Silva, contará com 80 apartamentos, beneficiando 320 pessoas. Bruno Ubiratan, presidente da Cohab de Londrina, elogiou a iniciativa da Prefeitura de João Pessoa não só em construir os imóveis, mas inserir a comunidade nesse contexto, com os moradores participando da obra.

“Podemos contar nos dedos de uma mão a quantidade de prefeituras que têm uma iniciativa como essa, com próprios recursos, com visão. Certamente vamos levar essa experiência para ser reproduzida em outros lugares, inclusive em Londrina”, pontuou.

Fotos: Sérgio Lucena

Texto: Max Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais