À luz de uma investigação sobre o roubo de celulares cedidos ao Hospital Padre Zé, na cidade de João Pessoa, Padre Egídio renunciou ao cargo de diretor da instituição.

O Padre Cônego Egídio de Carvalho Neto apresentou a sua demissão na segunda-feira, 18 de setembro. Foi colocado em licença administrativa no âmbito da investigação conduzida pelo Ministério Público sobre um alegado esquema que envolvia o desvio de donativos.
Segundo a delegada Maíra Roberta, a investigação começou em agosto, após o diretor do hospital, Padre Egídio, denunciar o roubo de diversos aparelhos eletrônicos, inclusive celulares. Pela natureza da investigação, um delegado com caráter especial foi designado pela polícia para executar a tarefa. “Logo após diligências foram tomadas, pessoas foram ouvidas e a investigação está bem atacante”, disse.


Imagem: Reprodução / Facebook / Paróquia Santo Antônio de Lisboa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

últimas notícias

Categorias

Redes Sociais